Google Storage: o que é e as vantagens do armazenamento na nuvem

google-storage

Sua empresa utiliza um servidor físico, mas sempre entra em conflito em relação aos custos necessários de infraestrutura para manter o espaço ativo e disponível? A solução pode estar em serviços como o Google Storage que serve para guardar arquivos utilizando a arquitetura de nuvem.

A digitalização dos processos de negócio gera inúmeros arquivos, documentos e imagens que precisam ser arquivados. Alguns são acessados diariamente, já outros são acessados apenas em momentos específicos ou raramente.

Manter todos esses dados seguros e acessíveis utilizando um servidor próprio e gerenciado pela empresa exige um orçamento especial para manutenção dos equipamentos e do espaço onde eles ficam posicionados.

Porém, mesmo com um bom sistema, corre-se o risco de acontecer falhas ou corrupção dos dados, resultando em perdas definitivas de informações importantes.

Com a transformação digital nas empresas, soluções como o Google Cloud Storage são cada vez mais utilizadas para criar bancos de dados na nuvem, pagando um preço bem menor.

Quer entender melhor o que é e como funciona o Cloud Storage? Continue a leitura e conheça melhor sobre esse produto do Google.

Google Storage: o que é?

O Google Storage é um produto da Google Cloud Platform que reúne vários serviços baseados em cloud computing para empresas. O Cloud Storage permite criar e organizar conjuntos de arquivos para que eles sejam armazenados conforme a necessidade de acesso.

Então, ao invés de manter um servidor físico, sua empresa pode usar o Google Cloud Storage para criar um sistema de backup mais organizado e acessível para toda equipe.

O Drive é outra solução de armazenamento do Google, mas com uma estrutura mais simples e limitada em relação a espaço e estruturação dos dados. 

Se o objetivo do seu negócio é digitalizar ou transferir o conteúdo do servidor físico para um servidor na nuvem, a solução mais adequada é contratar o Google Storage.

Para que serve o Google Cloud Storage?

Quando falamos em armazenamento (storage) a primeira ideia é a de um ambiente espaço onde os arquivos ficam parados. A mesma ideia de uma sala de arquivo morto, certo?

Porém, o Google Storage oferece outros usos além do convencional de apenas hospedar os arquivos por tanto tempo quanto for necessário.

Um conjunto de dados hospedados no Storage pode ser conectado a um software, por exemplo, respondendo aos comandos de um programa.

Outro exemplo de uso é para hospedar elementos de um site que precisam ficar armazenados e também responder quando a cadeia de acesso é acionada pelo usuário. 

Também podem ser armazenados no Cloud Storage arquivos que a empresa quiser disponibilizar como fonte de consulta pública.

O armazenamento na nuvem tem diversas aplicações, o que permite que as empresas inovem em seus processos, dando mais liberdade para os colaboradores e também para os clientes e outros públicos de interesse. 

Como funciona o Cloud Storage?

O Google Storage funciona como um grande HD com espaço ilimitado, cujo objetivo principal é armazenar diversos tipos de arquivo e torná-los acessíveis para quem tiver permissão ou para responder a um programa, aplicativo, software, etc.

Para que uma empresa mantenha seus arquivos organizados corretamente e para os fins adequados, existem quatro classes de armazenamento diferentes que atendem a diferentes cargas de trabalho. São elas:

Standard Storage

A classe de armazenamento Standard é indicada para o armazenamento de objetos que são acessados com muita frequência como sites, aplicativos mobile, streaming de música e vídeos. Consequentemente, o custo dessa solução é maior que os demais, pois o sistema do Cloud Storage cobra de acordo com o uso.

Nearline Storage 

Já a classe Nearline é considerada uma opção de baixo custo, indicado para dados que ficam armazenados por, no mínimo, 30 dias sem uso como backups de informações de relatórios. 

Coldline Storage 

A terceira classe é a Coldline, uma alternativa de custo ainda mais baixo, pois é recomendado para armazenar arquivos que ficam, no mínimo, 90 dias sem acesso.

Archive Storage 

A última classe de armazenamento é a Archive que tem o menor custo de todas as opções disponíveis, pois os arquivos salvos ficam armazenados por 1 ano ou mais sem acesso, como arquivos de contas e notas fiscais que precisam ser armazenados por cinco anos.

Quando se trata de documentos internos, é possível perceber que eles vão migrar entre as classes com o passar do tempo.

Para que o usuário otimize seus custos, o sistema do Cloud Storage permite programar a migração dos arquivos, de acordo com o tempo que ele fica armazenado.

Dessa forma, a gestão de gastos é otimizada e os arquivos permanecem salvos pelo tempo necessário.

Quais são as vantagens do Google Storage?

As principais vantagens de implementar o Google Storage são:

Escalabilidade

O armazenamento físico de arquivos tem uma limitação de espaço de armazenamento, pois se um HD enche, é preciso comprar outro e o custo muitas vezes é alto, principalmente se a empresa é grande.

Com o Google Cloud Storage, o armazenamento aumenta automaticamente à medida que novos arquivos são inseridos, acompanhando a necessidade do seu negócio.

Preço gerenciável

Pagar por algo que não é aproveitado 100% é um desperdício de investimento, não é mesmo? Usando o Google Storage, sua empresa paga exatamente pelo que utiliza na plataforma, sem taxas ou surpresa na hora de pegar a fatura.

Mais segurança

A segurança em cloud computing é um benefício importante e no Cloud Storage, as informações do usuário são protegidas por várias camadas de segurança, criptografia e o sistema só fica disponível para quem tem acesso habilitado.

Implemente o Storage na sua empresa

Gostou de saber o que é e como funciona o Google Storage? Agora, o próximo passo é levar essa inovação para o seu negócio.

Quer ajuda para começar e fazer uma transição amigável e inclusiva para toda equipe? A Safetec ajuda seu negócio a fazer a transição para o Google Cloud Platform. Assista ao nosso Safetalk e confira mais motivos para adotar a plataforma:

Fale com nossos consultores e comece hoje a modernizar sua estrutura de trabalho.