5 principais reflexos negativos do retrabalho para sua empresa

5 principais reflexos negativos do retrabalho para sua empresa

 
 
Nos dias de hoje, a grande competitividade do mercado exige dos gestores e empreendedores agir rapidamente, seja na tomada de decisões ou mesmo no, aparentemente, simples trabalho de delegar tarefas.  A rotina, em muitos casos, pode ser bastante estressante, exigindo cada vez mais um perfil multitarefa não apenas para você, mas também para os colaboradores de sua empresa. 

O que ocorre, contudo, é que, nesse cenário, muitas vezes a necessidade de agir rapidamente, a falta de infraestrutura adequada ou mesmo o acúmulo de tarefas, deadlines apertados, a pressão para obter resultado e impulsionar o negócio, acabam refletindo negativamente nos negócios em consequência à necessidade de retrabalho. E quem paga a conta, que pode ser bastante cara, é o seu negócio.

Conheça as cinco principais questões negativas geradas pelo retrabalho nas empresas:

1 – Aumento do tempo médio de execução de tarefas

Cada salário e precificação de produtos ou serviços em sua empresa deve levar em consideração o custo produtivo do negócio, seja das áreas operacionais ou administrativas. Quando a necessidade de retrabalho surge, independentemente do motivo, o custo da operação é elevado, pois o tempo de execução da tarefa passa a ser maior. Isso, por sua vez, impacta negativa e diretamente na lucratividade de sua empresa – e o seu objetivo, certamente, é ampliá-la, certo? 

2 – Gastos até duas vezes maiores

Os gastos com o retrabalho em uma empresa podem ser até duas vezes maiores. Isso porque, além do custo de repetir a operação, o tempo utilizado precisará ser reposto para as atividades programadas, o que acarreta em horas-extras, por exemplo, no caixa da empresa. 

3 – Problemas com funcionários, fornecedores e clientes

Não bastassem os impactos financeiros e produtivos, o retrabalho ainda gera reflexos negativos de relacionamento, que podem variar entre diversos públicos. 

Se você é gestor e comete equívocos desse tipo constantemente, pode passar um mal exemplo aos seus funcionários. No trato com fornecedores, a relação pode ser estremecida. Seus clientes, nem precisamos dizer, não é? 

Além disso, uma experiência negativa pode acabar prejudicando a imagem de sua empresa como um todo, já que as experiências proporcionadas não foram tão positivas. 

4 – Menor produtividade, estresse e falta de motivação profissional e pessoal para seus colaboradores

Todas estas questões podem também impactar o emocional de seus colaboradores, resultando em menos produtividade. Além disso, quando as coisas não andam bem no trabalho, o estresse e a falta de motivação dominam, interferindo também no clima organizacional da empresa. Um mal estar generalizado, que poderia ser resolvido facilmente com diálogos e feedbacks contínuos junto a estes profissionais, melhor alinhamento das tarefas, falta de planejamento, metas, tomada de decisões impulsivas e diretrizes,  dentre outras questões.

5 – Perda de clientes

A depender do tipo de negócio que você possui, uma falha pode ser resolvida facilmente, desde que não se torne repetitiva. Quando lidamos diretamente com clientes externos, por exemplo, que pagam pelo produto ou serviço em troca de qualidade, o erro pode ser irreversível, ocasionando a perda dele e, consequentemente, interferindo nos resultados do seu negócio.
  
Por isso, o mais indicado é que você mantenha uma organização contínua de suas atividades, bem como a de seus funcionários, assegurando não apenas que o retrabalho seja evitado, mas que a satisfação em relação a sua empresa seja favorável impactando no crescimento do seu negócio.

Se você quer evitar o retrabalho e aumentar a produtividade da sua equipe, confira esse material abaixo!

Gostou do post? Compartilhe suas ideias e dificuldades com a gente nos comentários!