Cloud Computing e o futuro das PME’s: Entenda a relação

o que é cloud computing
Uma pesquisa recente organizada pela consultoria norte-americana Kelton Research revelou que 75% das empresas brasileiras já utilizam algum serviço de hospedagem em nuvem, percentual acima da média mundial, que gira em torno de 74%.
O que é possível inferir facilmente desses números é que os 25% que ainda desconhecem as vantagens de escalabilidade e economia de custos proporcionada pela tecnologia de Cloud Computing certamente irão perder substancial fatia de mercado no médio prazo, além de poder competitivo em relação aos seus concorrentes, internos ou externos.
Se a sua PME ainda está nessa minoria, continue lendo e entenda agora por que você deve mudar de ideia:

Cloud Computing: acesso a dados a partir de múltiplos pontos

O conceito de nuvem pode ser explicado de forma didática através do exemplo dos provedores de conta de e-mail.
Empresas como Yahoo, Google e Hotmail utilizam aplicativos para gerenciar o fluxo de mensagens enviadas e recebidas, armazenando-as em um servidor sem que seja necessário baixá-las no seu computador, certo? Com isso, é possível acessar suas mensagens a partir de qualquer ponto de acesso com conexão à internet.
O Cloud Computing segue o mesmo raciocínio, possibilitando que você — e funcionários autorizados — tenha acesso aos dados da sua empresa a qualquer momento e de qualquer lugar, desde que possa se conectar à internet.

Conceito de Nuvem

O gerenciamento de dados em nuvem se refere, basicamente, à possibilidade de utilizarmos todo tipo de recursos e aplicações de forma virtual, sem a necessidade de tê-los fisicamente à nossa vista ou armazenados em discos rígidos (no caso de dados e arquivos). O potencial de escalabilidade é infinito, a agilidade no acesso aos dados é extrema e a economia de custos, inegável.
E é em função de todas essas vantagens que a maioria das empresas tem repensado sua infraestrutura de TI, deixando de lado os altos gastos com manutenção de servidores, compras de softwares, intermináveis gastos com licenças, atualização de apps, antivírus e até componentes de rede.
Tudo isso pode ser substituído pela alocação de recursos em nuvem, o que, além de otimizar os custos, gera também economia de espaço, mobilidade no acesso aos dados e a certeza de estar sempre protegido por meio dos modernos sistemas de encriptação oferecidos pelos provedores de serviços em Cloud Computing. Para entender melhor, leia nosso post sobre como a computação em nuvem pode te ajudar a reduzir custos, inovar e ter mais resultados!

PMEs nas nuvens

Se as empresas de grande porte estão ganhando vantagem competitiva ao trocar recursos físicos de TI por uma estrutura virtualizada, para as startups, pequenas e médias empresas, a vantagem competitiva que se pode alcançar por meio dessa estratégia é fundamental para a consolidação do seu sucesso no mercado.
Alguns benefícios a serem conquistados pelas PMEs que adotam essa tecnologia são:
  • Maior celeridade na tomada de decisões e, por consequência, respostas mais rápidas às mudanças de mercado;
  • Maior proteção aos arquivos mais importantes da empresa por meio dos modernos sistemas de segurança da informação usado pelos provedores de nuvem privada;
  • Flexibilidade no acesso aos dados e escalabilidade absoluta;
  • Aumento na produtividade devido à rapidez no acesso aos dados, bem como pela liberação da equipe de TI para se concentrar no core business da companhia;
  • Possibilidade de intersecção de diversas tecnologias.
Contudo, vale lembrar que o sucesso efetivo da virtualização nas PMEs está intrinsecamente ligado à escolha de uma empresa de excelência em tecnologia em nuvem, capaz de, antes de pensar em produtos, realizar um diagnóstico exato das necessidades de sua empresa para saber quais as melhores estratégias para que ela possa ganhar competitividade através dos recursos de TI.  
Entendeu agora por que o Cloud Computing é tão importante para a sua empresa? Comente, tire suas dúvidas sobre a computação em nuvem e não deixe de entrar em contato conosco para saber como ela pode ser implantada para levar a sua PME ao futuro!